10 de outubro de 2009

Crónica de uma sobrevivente...

Chama-se Carlota.
Tem 9 meses de idade.
Foi encontrada pela minha filha Inês, no Algarve, com um olho inflamado e pneumonia.
Tinha sido abandonada pela mãe, de uma prole de 5 filhotes...
Ronronando, conquistou os corações.
Veio para Aveiro.
Foi tratada, acompanhada, acarinhada.
Curou-se da pneumonia.
Infelizmente, o olho estava condenado, teve de ser extraído...
Continuou a crescer, a correr, a brincar, a ronronar.
Saía pela janela, invadia inocentemente os quintais vizinhos.
Metia-se com os outros gatos, saltava, roubava comida...
Um nefasto dia, apareceu em casa a sangrar da barriga.
Levada de urgência à clínica, descobriu-se que alguém sem alma a havia atingido com uma bala de espingarda de pressão de ar...
Foi operada de urgência.
Tinha uma secção no intestino, perdeu um rim...
Parecendo entender, a Margarida deu-lhe sangue, sem miar.
Quase à morte, reagiu, batalhou, venceu!
Após cuidados imensos, voltou a correr, a saltar, a brincar.
Não é bonita.
Mas a forma como lutou, a garra que demonstrou, fez da Carlota uma gatinha especial.
Hoje, vive feliz, sem se dar conta que sofre de limitações graves.
Por isso mesmo, conquistou os nossos corações.
Esta é a Carlota, a gatinha da Inês.
Uma sobrevivente.

8 comentários:

Blackie disse...

E viva a Carlota, a Margarida, o Mico e a Julieta!! Todos eles, uns valentes sobreviventes..
Beijos do inverno africano :p)

joao de miranda m. disse...

Maravilhoso post. Um abraço.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Ahhhh... assim, sim :) Até que enfim que o blogue volta à vida ;)

Passa no meu canto e retira o premio Sair das palavras que se encontra na barra lateral direita. Merece-lo e parabes :)

E quando quiseres ja sabes: passa no meu canto: serás sempre muito bem vindo quer comentes quer apenas votes que entres nas sugestoes de saidas, seja o que for. ;)

grande abraço meu amigo :)

Daniel LObinho

pin gente disse...

que sobreviveu graças a vocês!
parabéns.
beijinhos a todos
luísa


para zer volktar a ver-te por aqui e por lá.
abraço

Electra disse...

estou pasma! também tenho um gato... era pequeno quando foi encontrado (também tem 1 problemita num olho), cuidamos dele, tornou-se o nosso animal de estimação.

depois um gato vadio ferrou-lhe e tardou muito a curar, depois caiu da varanda e forma 2 meses sem andar.
mas felizmente continua connosco!

redonda disse...

Ainda bem que ela sobreviveu

Mariz disse...

Salvé!

Em 1º dia de solstício brindo a ti, amigo e coloco nas tuas mãos um ramo de alfazema que retirei do meu jardim, com a devida autorização da planta, defumo-te com incenso e faço uma cruz na tua testa, com óleo de rosas, enquanto pronuncio:
Tony:
que a tua vida seja sempre perfumada.
que o teu espírito voe até ás Alturas e nunca sofras de "vertigens" - sejam elas quais forem.
que sejas sempre abençoado, pelo Espírito do Amor
e saibas dar testemunho do SER que em ti vive.
que sejas um mensageiro que leva os ensinamentos imemoriais desde tempo em que residias na Luz do nosso Creador.
Que assim seja!
Daqui te abençoo:
em Nome do PAI do FIlho e do Espírito Santo e
sejas prospero espiritual e materialmente para que possas ajudar outros.

Sempre...
Mariz

Nartas disse...

bonito e comovente.
1 grande abraço para ti, beijos para a Inês e para a Isabel